Encontro Nacional de Delegados de Proteção Civil

Cerca de 40 delegados juntaram-se em Fátima, a 18 de setembro, para uma apresentação da atividade do DNPC (Departamento Nacional de Proteção Civil), bem como a apresentação de novos projetos.

Com o espírito e alegria de quem há muito não se encontra presencialmente, 40 delegados, representando 16 regiões do país, reuniram-se no Centro Nacional Escutista de Fátima (CNEF), a 18 de setembro, para a apresentação das atividades do DNPC (Departamento Nacional de Proteção Civil), que decorreram no ano escutista de 2020-2021, bem como para a divulgação de atividades a realizar em 2021-2022.

A nível de parcerias com entidades externas, foi assinado um “Protocolo para a formação em Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa” com a empresa Blue Ocean Medical com vista a oferecer serviços ao CNE a preços vantajosos. Este protocolo vem permitir aumentar a formação e consequentemente a prontidão para uma atuação mais rápida a nível de socorro.

No que à formação diz respeito, foi apresentado o Curso Nacional de Proteção Civil (CNPC), com o qual se pretende arrancar em Novembro, visando preencher uma lacuna relativamente à especificidade das diversas ações e responsabilidades que estão enquadradas na temática da Proteção Civil.

Foram apresentados vários documentos para debate, nomeadamente “O Papel do Delegado de Proteção Civil e Critérios para a sua nomeação”, “Regulamento de uso do Colete no CNE”, “Imagem institucional da área da Proteção civil no CNE”, os quais receberam inputs por parte dos delegados presentes, demonstrando o interesse e a coesão entre todos os participantes.

A plataforma GEOSCOUTS, já apresentada anteriormente a nível nacional, foi novamente abordada de modo a clarificar algumas questões, salientando-se a importância da comunicação de atividades através dela, uma vez que só com uma rede integrada de informações conseguimos ter um verdadeiro controlo de segurança das atividades dos associados do CNE.

 

O “Clube de Proteção Civil”, onde contámos com a presença da mascote “Lobo Protetor”, é um ação para o corrente ano escutista, a qual se baseia na promoção da segurança em todas as seções, através da disponibilização de recursos pedagógicos adaptados a cada faixa etária, reforçando o lema de que “a segurança começa em nós”.

 

Segundo João Pinheiro, Chefe do Departamento Nacional de Proteção Civil, “este encontro serviu para reatar amizades que o covid nos tem impedido de manter, bem como para o trabalho conjunto de diversos documentos e o envolvimento nos projetos desenvolvidos, uma vez que apenas com a participação de todos conseguimos aumentar a nossa cultura de segurança”.

Texto e fotografia: Departamento Nacional Proteção Civil

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *