Escuteiros de Ribeirão comemoraram o seu aniversário com acampamento.

O novo Campo Escutista de Ribeirão acolheu, nos dias 14 e 15 de julho, cerca de 400 escuteiros, de 12 Agrupamentos, para comemorar o V aniversário do Agrupamento 1374, de Ribeirão, região de Braga.

No ACANIV, que decorreu sobre a égide do imaginário, “Não há ensino que se compare ao exemplo”, destaca-se a realização das atividades típicas por secção e o fogo de conselho, no sábado. No dia seguinte o ponto alto foi a celebração da eucaristia, presidida pelo assistente do agrupamento, Monsenhor Manuel Joaquim, que incentivou os escuteiros a viverem as máximas do escutismo, sem nunca esquecer que o mais importante é sempre o nosso próximo, as pessoas.

No decorrer da celebração fizeram as suas promessas dois dirigentes, um explorador e um pioneiro. No final da Eucaristia as entidades presentes deixaram uma mensagem a todos os escuteiros. O Presidente da Junta Freguesia de Ribeirão, Adelino Oliveira, reiterou a disponibilidade da Junta de Freguesia para continuar a apoiar os escuteiros, como tem feito desde a sua fundação. Carlos Pereira, Chefe de Núcleo de Vila Nova de Famalicão, deixou palavras de alento a todos os escuteiros reforçando que o lema “Sempre Alerta para Servir”, idealizado pelo fundador do movimento, Baden-Powell, deve acompanhar a vida quotidiana de todos. A Vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Sofia Fernandes, destacou o contributo que o movimento escutista confere ao forte dinamismo associativo, existente no concelho de Famalicão, reconhecendo que esta simbiose projeta o movimento e o Município para “fora de portas”. Ao felicitar o Agrupamento de Ribeirão, pelo V aniversário, Sofia Fernandes, referiu que o Municipio estará sempre, na linha da frente, para apoiar todos os agrupamentos do Núcleo de Famalicão.

As palavras finais foram dirigidas por um escuteiro bastante dedicado ao movimento, Leonel Rocha, Chefe do Agrupamento 1374, de Ribeirão, que demonstrou o quanto estava feliz, com todos aqueles que ajudaram a que o ACANIV fosse uma realidade, deixando uma mensagem de agradecimento a todas as entidades, particulares, empresas e autarquias que estiveram de mãos dadas com o Agrupamento, convidando-os a manter viva esta ligação.

Texto de: António Almeida. Fotografia de: Agrupamento de Ribeirão.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Website protegido por reCAPTCHA. Aplica-se a Política de Privacidade e os Termos de Serviço da Google.

Pioneiros do 1041 na Idade do Gelo

Os pioneiros do agrupamento 1041 Caranguejeira, da região Leiria-Fátima, realizou uma atividade na Quinta do Escuteiro, na Batalha, com o imaginário a Idade do Gelo”.

Ubuntu edição 2021

O Agrupamento 342-Vialonga, região de Lisboa realizou mais atividade Ubuntu com o tema “Estás com medo do quê?”. A última edição do Ubuntu realizada pelo