Após um período de confinamento, o Agrupamento 189 Nossa Senhora do Rosário- Ílhavo regressa às atividades presenciais utilizando os espaços ajardinados em redor da sua sede.

Foi no dia 27 de junho, que o Agrupamento 189 Nossa Senhora do Rosário- Ílhavo se reuniu presencialmente (ainda que de forma restrita) por Bando, Patrulha, Equipa e Tribo, cumprindo as regras de distanciamento, uso de máscara, lavagem frequente e desinfeção das mãos. Não regressaram à sede, mas reuniram ao ar livre, nos espaços ajardinados da cidade.
A direção do agrupamento afirma que “Durante os primeiros encontros, era necessário saber como estavam os nossos elementos, tanto em termos pessoais como familiares”.
Também não queriam que este ano escutista terminasse sem que os Noviços e Aspirantes fizessem a sua Promessa e, assim, tornava-se necessário aferir se as condições estavam todas reunidas para que isso pudesse ser uma realidade.
tEnsaiaram o ritual da Promessa e contactaram os familiares mais diretos para que não se juntasse muita gente. Prepararam um local ao ar livre para o cerimonial e realizaram um plano de segurança/contingência, que foi aprovado pela Delegada de Saúde e dado a conhecer às autoridades – GNR e à Câmara Municipal, para que se garantisse o cumprimento de todas as disposições e recomendações da DGS.

Encerraram então o ano escutista no dia 18/7, com a celebração das Promessas no Santuário da Casa Mãe do Redentor, na Colónia Agrícola.
A direção diz que “Pela forma fantástica como decorreu, podemos concluir que pais, elementos e dirigentes estão a adaptar-se a esta nova forma de viver o escutismo, ajustando-se e ensaiando experiências, dando o exemplo de cidadania e boas práticas” e que “Mesmo com estas regras todas, foi uma alegria, reencontrarmo-nos e interagirmos diretamente, sem ser através de um écran”

Texto de: Agrupamento 189 Nossa Senhora do Rosário. Fotografia de: Agrupamento 189 Nossa Senhora do Rosário- Ílhavo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Caminheiros em preparação de atividade

Agr 1041 continua a viver o Escutismo

Foi no Verão que foi levantada, em quase todo o país, a suspensão das atividades semanais dos agrupamentos. Foram muitos os que quiseram retomar as atividades de imediato, com as devidas restrições. Um desses agrupamentos foi o 1041 Caranguejeira

Acampamento clã - agrupamento 479 Alfena

Agr 479 e a fórmula de viver o Escutismo.

Estes últimos meses ficaram marcados pelo regresso aos hábitos escutistas. Novos tempos exigem novas dinâmicas e comportamentos. Assim fez o Agrupamento 479 Alfena para conseguir regressar às atividades presenciais

Agrupamento 551 Cepões.

A sensação de renascimento do Agr. 551

Após um período de confinamento, é sempre difícil retomar o ritmo e as rotinas de antes. Não só porque, sem querer, a falta de atividades nos afastou, mas também porque o vírus ainda não desapareceu e o risco continua a ser enorme.