CNE: Uma associação segura

A proteção dos direitos das crianças e dos jovens é o mote para o Corpo Nacional de Escutas estar cada vez mais preparado para os atuais problemas da sociedade.

Em 2002, na 36ª Conferência Mundial em Tessalónica, na Grécia, a Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME) adotou a resolução 2002-07 “Keeping Scouts Safe From Harm”, que pretende valorizar políticas e procedimentos de proteção das crianças e dos jovens, e através de um ambiente seguro, garantir a segurança de todos no movimento escutista.

A declaração de compromisso com a proteção de crianças e jovens Escutismo Movimento Seguro (E:MS) foi uma iniciativa do Corpo Nacional de Escutas (CNE), vindo ao encontro da crescente preocupação do Movimento com essa área. Em 2017, foi lançado o desafio  às associações de desenvolverem e implementarem uma política nesse sentido. O Curso E:MS enquadra-se numa das ações previstas na política de dar formação aos dirigentes. Durante a formação geral, devem fazer um módulo de duas horas. Já como dirigentes, no âmbito da formação contínua, todos os adultos deverão fazer o curso. O CNE assume desta forma uma preocupação constante e uma postura interessada relativamente a estas questões atuais.

O curso E:MS aborda temas como o desenvolvimento individual, interação entre pares, relação educativa e adultos no escutismo. Foram ainda definidas áreas prioritárias para serem interpeladas, como dependências, internet segura, relação educativa e abusos, bullying e boas práticas. Neste mesmo contexto, como preparação para o acampamento nacional (ACANAC) que juntará cerca de 17 mil jovens, entre os dias 1 e 8 de agosto, em Idanha-a-Nova, foi preparado o curso “Acampamento Seguro” que pretende preparar os adultos voluntários para situações adversas que possam surgir no acampamento e que estão diretamente ligadas à proteção dos direitos das crianças e jovens.

Texto: Cláudia Xavier.

Fotografia: J.R. Setúbal

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Website protegido por reCAPTCHA. Aplica-se a Política de Privacidade e os Termos de Serviço da Google.

Partilhar experiências no 12º Agora

O 12º Agora decorreu na Macedónia do Norte e Portugal esteve representado através da FEP, com o Corpo Nacional de Escutas, Associação de Escoteiros de

Insígnia SWA Património

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi assinalado no Corpo Nacional de Escutas com o lançamento da insígnia “Patrimonito” da Organização Mundial do Movimento