Com a IV em Mente: “Errar é Escutista?”

No passado dia 26 de maio, cerca de 25 caminheiros e dirigentes juntaram-se no ZOOM para debater o tema “Errar é Escutista?”

Este encontro começou com o típico momento de quebra gelo de forma a deixar todos os participantes confortáveis para participarem ativamente neste momento de debate e partilha. A edição de maio teve como convidados quatro caminheiros para serem mediadores das salas onde decorreram as discussões do tema proposto. Cada moderador tinha uma ou duas perguntas para lançar à discussão com os elementos que estavam nas suas salas, os mesmo iam mudando de sala para debater as diferentes questões.

Após os debates foram apresentadas as seguintes conclusões: os dirigentes devem dar espaço para errar, mas sem deixar que as consequências dos erros sejam muito grandes, todas ideias são válidas e aptas a serem implementadas e desenvolvidas mesmo que existam erros durante todos o processo pois o erro deve ser encarado como uma aprendizagem e forma de crescimento. O escutismo é um espaço para errar, tal como muitos outros sítios, sem nunca esquecer que quando estamos fardados temos que ter alguma atenção aos erros pois podem por todo o movimento em causa. As ideias fora da caixa devem ser postas em prática sem medo que o erro aconteça, pois errar faz parte da vida e devemos vê-lo como aliado e não como inimigo.

A sessão contou ainda com uma apresentação sobre o tema dos dirigentes, Catarina Ribeiro e João Silva, que definiram o erro e falaram do lado positivo e negativo do mesmo. A próxima sessão está marcada para o dia 23 de junho e terá como tema “Sistema de Progresso: progrides ou empancas?”.

Hoje decorre uma nova sessão “Com a IV em Mente” desta vez com o tema “Sistema de Progresso: Progrides ou Empancas?”.

Texto e fotografia de Matilde Gonçalves
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *