Delegação do CNE entregou a Luz da Paz de Belém, a Marcelo Rebelo de Sousa

Hoje ao início da tarde o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa acolheu na Presidência da República uma delegação do CNE que lhe entregou a Luz da Paz de Belém.

Inês Graça, Secretária Nacional dos Projetos esteve presente com mais dois escuteiros transportando a Luz da Paz de Belém e ainda os votos de um Santo Natal ao Presidente da República.

“Trazemos a Luz da Paz de Belém, que este ano não percorreu os habituais 6.000 km desde a Basílica da Natividade em Belém, até Portugal, passando pela Áustria. Com efeito, a pandemia que vivemos impediu a partilha internacional da Luz a partir da Áustria, como sucede habitualmente. O mesmo sucedeu em 2020. Esta Luz que hoje lhe trazemos, percorreu 400 km, desde Mateus, Vila Real, até Setúbal” explicou Inês Graça.

Inês Graça descreveu ainda o significado da partilha desta Luz e ainda do tema escolhido para este ano “ este gesto é representativo do significado que a Luz tem para todos nós. É na comunidade, em comunidade e na partilha, nesta divisão, que a esperança, a alegria e o amor se multiplicam.

Redes de paz, é o tema deste ano de 2021.Para nós, escuteiros, as redes são símbolo da construção, feita de muitos nós, que nos unem, uns aos outros, escuteiros e não escuteiros, católicos e não católicos, portugueses e não portugueses.”

Marcelo Rebelo de Sousa ao receber esta “Luz” reforçou a importância do voluntariado, e do espírito de serviço. Fez ainda referência a alguns dados históricos do Escutismo no nosso país.

Relembramos que a Luz da Paz de Belém tem sido partilhada por todo o país, em cerimónias regionais e locais organizadas pelas Dioceses e Paróquias, Juntas Regionais e Agrupamentos. Foi agora a vez de a entregar ao Presidente da República, com votos de um Santo e Feliz Natal.

Texto: Susana Micaela Santos

Fotografias: António Rendeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Uma resposta

  1. Fico muito feliz com este lindo “momento”!
    Pois será desta forma que seremos seres humanos maus atentos ao “OUTRO”
    Canhota

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Website protegido por reCAPTCHA. Aplica-se a Política de Privacidade e os Termos de Serviço da Google.

Partilhar experiências no 12º Agora

O 12º Agora decorreu na Macedónia do Norte e Portugal esteve representado através da FEP, com o Corpo Nacional de Escutas, Associação de Escoteiros de

Insígnia SWA Património

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi assinalado no Corpo Nacional de Escutas com o lançamento da insígnia “Patrimonito” da Organização Mundial do Movimento