Down River 2022

Realizou-se entre os dias 1 e 4 de setembro mais uma edição do “Down River” que pretendeu promover, na albufeira da barragem do Castelo do Bode, o encontro de escuteiros através da competição de navegação em jangadas construídas pelos participantes.

Esta atividade, organizada pelos Agrupamentos de Escuteiros 44 de Tomar e 542 do Entroncamento, realiza-se ininterruptamente desde 2005 e, ao longo de todos estes anos, já permitiu a participação de cerca de 2.000 escuteiros oriundos de 70 agrupamentos distintos. Até à presente data já foram construídas 190 jangadas e, na soma de todas as edições, foram percorridos cerca de 250 quilómetros.

 O local que foi escolhido para acolher a edição de 2022 foi a bonita aldeia de Várzea de Pedro Mouro, no concelho da Sertã. Estiveram presentes 100 escuteiros dos Agrupamentos 44 de Tomar, 542 do Entroncamento, 941 da Asseiceira, 1111 da Várzea, 52 de Santarém, 877 de Pousos, 581 de Vila Nova de Santo André, 722 de Santiago do Cacém e da Fraternidade Nun’Álvares, que corresponderam ao convite da organização para construir a melhor jangada com recurso a materiais reutilizáveis e assim vencer os desafios colocados pela organização. Esta edição contou com a prestimosa colaboração da União de Juntas de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais.

O primeiro dia da atividade foi dedicado ao acolhimento dos participantes. No segundo foram construídas as seis jangadas que se apresentaram a concurso. No final deste dia realizou-se a primeira das competições: a regata noturna. Apesar do reduzido número de jangadas presentes nesta edição, importa assinalar a grande dimensão de algumas delas e as requintadas e diversificadas técnicas que foram utilizadas nas suas construções. A mais pequena das embarcações era constituída apenas por seis tripulantes e a maior por 26 marinheiros.

Na manhã de sábado teve início a Grande Navegação, a mais esperada e difícil das provas. Nesta, as tripulações foram desafiadas a navegar por um percurso com cerca de 10 quilómetros, procurando postos dispersos pelas margens e onde os participantes tinham de cumprir pequenos desafios subordinados ao tema da atividade: “A Jornada Mundial da Juventude 2023”.

Ao final do dia, já com todas as tripulações em campo e apesar do enorme cansaço, teve lugar a Eucaristia celebrada pelo Assistente Regional de Santarém. Após a celebração, realizou-se o Fogo de Conselho, onde todas as tripulações tiveram oportunidade de representar pequenas sátiras baseadas nos principais acontecimentos do dia.

No último dia do evento realizou-se a prova do “tira-teimas”: a Regata de Velocidade, destinada a atribuir um dos últimos prémios em disputa, a par da eleição da Melhor Jangada. Num troço de rio com cerca de 500 metros, com as jangadas a partirem lado a lado e em simultâneo, com todos os tripulantes a darem o seu derradeiro e máximo de esforço… foi emocionante assistir a este desafio.

Findas as competições e após as desmontagens das jangadas, seguiu-se um retemperador almoço servido no local e, antes da partida, teve lugar a entrega de prémios. Assim, a tripulação “Templários”, composta por 13 elementos do Agrupamento 44 de Tomar e três do 1111 da Várzea, arrebatou três dos quatro prémios em concurso: Melhor Jangada, Regata Noturna e Regata de Velocidade. Já a tripulação do Agrupamento 581, de Vila Nova de Santo André, conquistou o prémio da Grande Navegação.

Feitos os discursos da praxe e a avaliação da atividade, partiram os escuteiros de regresso às suas localidades com a vontade de voltar no próximo ano para mais uma edição do Down River.

Texto e fotografias: João Carlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Website protegido por reCAPTCHA. Aplica-se a Política de Privacidade e os Termos de Serviço da Google.

Trabalho conjunto entre CNE e MSC

O Seminário Torre D’Aguilha acolheu no fim de semana a Cimeira Ibérica e ainda o encontro no âmbito projeto de Proteção na Infância.

Portuguese Work Party está de volta

Passados três anos desde a última edição, a Portuguese Work Party está de volta! Esta atividade épica realiza-se na Suíça, no Kandersteg Internacional Scout Centre (KISC).