O envolvimento escutista no projeto Co-Create

O Co-create é um projeto de investigação no âmbito do Horizonte 2020 da União Europeia, que conta com a participação de jovens dos 16 aos 21 anos de seis países: Noruega, Reino Unido, Países Baixos, Portugal, Polónia e África do Sul.

O projeto tem como objetivo reduzir a prevalência da obesidade infantil através de propostas políticas promotoras de ambientes mais saudáveis ao nível da alimentação e da atividade física. Para isto, os jovens são capacitados e informados sobre o assunto e desenvolvem as propostas políticas que consideram fundamentais.

Em Portugal, o projeto é liderado pelo CEIDSS, que escolheu três agrupamentos de escuteiros da Região de Lisboa para trabalharem paralelamente estes assuntos. No concelho de Cascais estão envolvidos jovens do Agrupamento 113 São Domingos de Rana; em Oeiras, jovens do agrupamento 407 Oeiras; e em Lisboa, jovens do agrupamento 1100 Parque das Nações.

As propostas desenvolvidas em Portugal nas quais estamos a investir são as seguintes: “Atividade Física para Todos” (consiste na criação de parcerias público-privadas entre escolas, centros desportivos e entidades reguladoras de meios de transporte locais que facilitem e incentivem os jovens a realizar atividade física); “Nutrição nas Escolas” (consiste na implementação de algumas aulas teórico-práticas sobre nutrição, alimentação saudável e culinária com o objetivo de tornar os jovens mais autónomos no que toca à sua alimentação); e por fim, “Limitar o Marketing Alimentar” (consiste na criação de medidas reguladoras do marketing que atinge jovens com idade inferior aos 18 anos, tendo como premissa o facto destes não deverem ser influenciados a comprar produtos não saudáveis).

Este trabalho é motivo de grande orgulho para os escuteiros envolvidos. Foi necessário dedicar bastante tempo, mas os resultados e as oportunidades que têm surgido são 100% recompensadores. Ao longo do projeto, além de trabalharmos para uma causa em que acreditamos, tivemos a oportunidade de falar com importantes stakeholders de diferentes áreas que nos aconselharam e ajudaram a melhorar as nossas propostas. Além disso, reunimos com três partidos políticos que com grande entusiasmo nos ouviram e guardaram o nosso contacto para cooperação futura.

Recentemente, no dia 20 de setembro deste ano, organizámos o National Dialogue Forum, um evento presencial que juntou jovens e stakeholders em Cascais, na Casa das Histórias da Paula Rego. Aqui tivemos a oportunidade de apresentar as nossas ideias e de as debater através de uma ferramenta desenvolvida pelo EAT (entidade parceira do Co-create) que permite uma discussão uniforme e igualitária entre todos os intervenientes, independentemente da idade ou ocupação, tendo como objetivo refinar as propostas políticas e criar uma rede de contactos em que cada parte interessada se compromete com uma ação.

Este projeto é exemplo das oportunidades que o escutismo pode trazer aos jovens, mas também reflexo do que nele é vivido. O empenho e a dedicação demonstrada, bem como o compromisso aceite pelos jovens são características que trabalhamos desde cedo no sistema de patrulhas.

O envolvimento dos escuteiros no projeto Co-create é prova viva de que o escutismo é um excelente método educativo que prepara os jovens para a vida e para a integração em equipas de trabalho em contextos não escutistas.

Texto e fotografia: Youth Alliance de S. Domingos de Rana

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *