Um novo Ciclo de Cenáculo Nacional

O 20° Ciclo de Cenáculo Nacional teve a sua abertura oficial no fim de semana, de 26, 27 e 28 de novembro. Com o início do trilho, começámos a escalar a montanha com que nos deparámos na Aldeia de Oriri, no Estádio Municipal de Abrantes. Com o mote “Juntos Movemos Montanhas”, foi aqui que os 79 Alpinistas aceitaram este desafio de juntos entrarem em ação.

Com o apoio dos Aldeões de Oriri, a sua Equipa Projeto Nacional, e acompanhados pelo espírito de União, Transparência e Autoconhecimento que regem este Ciclo, perante o que foi construído até hoje, os nossos Alpinistas propuseram-se a mover as montanhas das suas regiões/núcleos e a representar os seus Caminheiros/Companheiros/Aeronautas.

Iniciamos este 1º Encontro de forma alegre e divertida como em qualquer atividade de Caminheiros, Companheiros e Aeronautas que se preze: com jogos, muita diversão, e tentando descobrir, qual será a nossa Tribo de Alpinistas que nos acompanhará ao longo do trilho. De seguida os nossos Alpinista entram pela primeira vez na nossa . De botas apertadas e sorriso posto, como para qualquer caminhada, foram apresentados os sábios aldeões que os irão acompanhar nesta viagem: os Aldeões de Oriri.

Durante a manhã de sábado realizaram-se as Conversas d’Aldeia que foi uma das principais inovações deste 1º Encontro. Este momento focou-se na capacitação dos Representantes com o objetivo de os incentivar e ajudar a ir mais longe, não só na preparação dos seus Cenáculos Locais, como também no seu papel enquanto Representante de região/núcleo. Durante dois módulos de 30 minutos, os Caminheiros/Companheiros puderam estar presentes em duas Conversas com oradores escolhidos pela Equipa de Fórum, tendo temas como a comunicação, responsabilidade, representatividade, Carta de Cenáculo, compromisso e fé. No seguimento das Conversas d’Aldeia, o Encontro segue com vários Trabalhos de Tribo, nos quais os Alpinistas partilharam as principais conclusões que retiraram de cada Conversa e como lhes poderão ser úteis no futuro.

Para terminar a manhã, seguiram-se Conversas com os Aldeões de Oriri, nos quais a Equipa Projeto se disponibilizou para conversas informais sobre cada departamento, de forma a complementar o conhecimento adquirido nas Conversas d’Aldeia e responder a qualquer dúvida ou questão dos Alpinistas.

De tarde tivemos o segundo grande momento do Fórum, as Conversas no Caminho, duas mesas redondas, cada uma com quatro oradores convidados a dinamizar um ambiente de Conversa e Partilha entre eles e os participantes sobre os temas: “Educação Não Formal” e “CNE, o que há para melhorar”. O sol já se começa a pôr e chegamos ao momento pelo qual mais esperávamos neste Encontro, o Plenário Geral e o Albergue da Ermida. Com o objetivo de definir um tema nacional, os Alpinistas juntaram-se por Tribo para sugerirem o tema que consideravam mais pertinente para ser tratado por cada Cenáculo Local. 

Todo o trabalho deste Encontro traduziu-se na escolha de um tema comum que será auscultado em todos os Cenáculos Locais. “Onde fica a IV na tua vida?” foi a proposta vencedora que se propõe a perceber o que leva os caminheiros a continuar ou não no movimento, sendo posteriormente discutidas conclusões no Encontro Aberto. Já de noite, chegamos ao topo da montanha deste 1º Encontro. Caminhámos até ao ponto mais alto na esperança de encontrar a plenitude de espírito, trilhando o caminho, até agora, com fé, esperança e união. Aproximando-nos do nosso Pai Alpinista em Eucaristia, celebrámos todos os 20 Ciclos de Cenáculo passados, agradecemos todos os que acreditaram neste Projeto e nunca o deixaram cair por terra acreditando no potencial desta grande Ferramenta Educativa. Foi o momento de agradecer, apreciar a vista do topo da montanha e reconhecer o privilégio de estar tão perto do céu.

Depois de jantarmos juntos, tivemos a oportunidade de viver intensamente um Fogo de Conselho, com dinâmicas desenvolvidas por todos os Alpinistas e pela Equipa de Animação dos Aldeões de Oriri.

Por fim, para terminar este encontro, uma manhã de apresentação e votação dos temas sugeridos pelos Alpinistas para Tema Nacional e, por fim, a apresentação do Sinal de Pista. Como forma de partilha do tema escolhido, foi desenvolvido um Sinal de Pista que resume as principais conclusões do 1º Encontro. Este documento será posteriormente integrado na Carta de Cenáculo Nacional, desenvolvida no 2º Encontro. Dado como terminado este 1º Encontro, tivemos a oportunidade de celebrar os 20 anos do Cenáculo e os nossos Alpinistas voltaram para casa cheios de saudade do que tinham vivido mas com muita vontade de Mover Montanhas.

Este Encontro foi também a base de descolagem para dois desafios, um aos Representantes, e outro a todos os Caminheiros, Companheiros e Aeronautas do CNE.

Aos Representantes, iniciou-se aqui a caminhada no trilho até à concretização dos seus Cenáculo Locais, que vão ter lugar em todas as Regiões e Núcleos do CNE, no durante o mês de Março.

Aos Caminheiros, Companheiros e Aeronautas do CNE, será-lhes desafiado tirarem conclusões sobre o Tema Nacional escolhido, para que no Encontro Aberto de Cenáculo Nacional, no 2º Encontro, os seus Representantes possam trazer e partilhar as ideias e opiniões de todos, dando um passo em frente no alcance da representatividade.

Vivemos o 1º Encontro de Cenáculo Nacional. Apenas agora vamos começar a subida até ao topo da montanha, até aos Encontros de Cenáculo Locais. É subindo ao topo da montanha podemos finalmente ver o eco que a nossa voz faz e até onde percorre com o vento. Assim, este Projeto ganha o seu sentido no impacto que tem a nível local. Acabou o 1º Encontro. Que comece a missão! Juntos Movemos Montanhas

Texto e fotografia: Equipa Projeto do 20º Ciclo de Cenáculo Nacional

Uma resposta

  1. Um orgulho enorme ter um elemento meu.
    Nessa grande equipa.
    Que a montanha vos de miito trabalho
    Canhota.
    António Coelho
    Agrup.0144

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Website protegido por reCAPTCHA. Aplica-se a Política de Privacidade e os Termos de Serviço da Google.

Conferência Europeia 2022

Entre os dias 22 e 26 de Julho decorre a 24ª Conferência Europeia do Escutismo da Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), em Roterdão. O

Escuteira na Youth Action Week

O CNE esteve representado na Youth Action Week, do Youth Department – Council of Europe, entre os dias 27 de junho e 2 de julho,