Viana do Castelo inaugura novo Centro de Formação e Sede Regional

Foi inaugurado o novo Centro de Formação Escutista e Sede da Região de Viana do Castelo, numa cerimónia presenciada pelos diversos órgãos Locais, Regionais e Nacionais do CNE e pelos vários executivos municipais.

A infraestrutura resulta da remodelação e ampliação de um edifício existente cedido pela Diocese de Viana do Castelo, que passa a dispor de 742 metros quadrados de área coberta, repartida por rés do chão e primeiro andar, com salas de formação e reunião, cozinha, refeitório, dormitório em camaratas, armazém e instalações sanitárias.

Este edifício integra também a sede da Junta Regional do CNE de Viana do Castelo, órgão coordenador da ação pedagógica e formativa do efetivo de 1.712 escuteiros e 26 Agrupamentos existentes no distrito.

O Centro de Formação é uma infraestrutura essencial para o desenvolvimento do trabalho associativo do CNE ao nível regional. Vem dar resposta às necessidades de espaço e à criação de condições logísticas para a exigente formação de Dirigentes e qualificação dos Agrupamentos do CNE. Ao nível regional, anualmente, são realizadas 10 ações de fim de semana alargado, movimentando 16 formadores e mais de 150 formandos. São ainda realizadas dezenas de reuniões setoriais lideradas por mais de 60 dirigentes das equipas pedagógicas, que organizam e desenvolvem várias ações formativas e pedagógicas na Região, representando milhares de horas de trabalho destes adultos voluntários do movimento escutista.

Este espaço funcionará também como uma estrutura polivalente, ao serviço da comunidade, preparada para acolher escuteiros de outras regiões do país e do estrangeiro, que regista um incremento significativo de solicitações; bem como para apoiar outras instituições da Região, por exemplo, no âmbito da Proteção Civil, em caso de evacuação de populações, em situação de crise ou emergência sanitária como a que vivemos atualmente, apoio a eventos desportivos, entre outros.

A obra a inaugurar representa um investimento de 550 mil euros acrescidos de IVA, maioritariamente suportado por fundos próprios, que resultaram de diversas campanhas de angariação de fundos promovidas pelos escuteiros, bem como do apoio de empresas, particulares, Instituto Português do Desporto e Juventude e de algumas Câmaras Municipais do distrito, com preponderância para o apoio concedido pelo Município de Viana do Castelo, que permitiu a concretização deste projeto, que era um sonho antigo da Região.

Texto de João Lima de Abreu

Fotografias: JR Viana do Castelo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *